Finalmente, a nossa sala! – Parte 1

Que alegriiiiaaa, a nossa sala está finalmente arranjada! Paredes pintadas, tetos novos, estores retirados, portas remodeladas e organizada da forma que nós achamos mais prática e confortável. Uhuuu!

Acreditem, esta tarefa foi custosa! É uma sala, mas parece que são três. Tem um layout tramado: duas portas, um arco, um pilar, vigas e um teto inclinado. Arquitetos e decoradores eventualmente dirão que não percebem a dificuldade… mas nós não somos nem um nem outro e se vocês imaginassem a dança de móveis que houve por aqui, cabeças inclinadas para a esquerda e para a direita, enquadramentos fotográficos com os braços esticados e olhos semicerrados… e, calma, que ainda não está cem por cento terminada! Faltam uns pequenos pormenores.

 

 

Inicialmente, a divisão do fundo seria uma zona de estar e leitura – como poderão ver aqui – mas, depois que passámos todos os móveis para esse lado, para poder pintar o lado de cá (na imagem em cima), e nos sentámos aí aos serões, pai e filha começaram a gostar desse canto mais reservado, para o descanso de final de dia e sugeriram manter a televisão aí. O problema é que no inverno deixaremos de ver tv à lareira, mas nós já vemos tão pouca televisão… fica a leitura e o convívio para a zona da lareira.

 

Já por aqui se falou que cada vez temos menos pressa em fazer as coisas. Tudo leva tempo. Há tempos de execução, tempos de secagem, tempos dedicados aos pormenores e, muito importante, tempos de entendimento do espaço e habituação. Isso foi o que me fez voltar atrás e repensar algumas soluções (como a paleta de cores, por exemplo). A certa altura o espaço estava a ficar demasiado branco e neutro, num estilo muito escandinavo, e percebemos que um estilo mais divertido e vibrante teria mais a ver connosco. Um estilo que incluísse as peças que reapareceram e voltaram a ganhar importância para nós, depois do “destralhanço” que tem vindo a acontecer nesta casa; um estilo que nos inspirasse; um estilo que recuperasse e dignificasse os móveis que não seria possível substituir, como os sofás, o louceiro, estantes e cortinados.

 

Almofadas azul, branca e amarela La Redoute

Na área que é agora a da televisão, incluímos uma estante com alguns dos nossos livros de consulta (dicionários, enciclopédias, livros de geografia e história, as nossas revistas favoritas), os tais objetos importantes para nós e plantas (claro!). Todos os outros livros passaram para o escritório (e outros foram doados). Esta estante somos nós.

 

 

Ao fundo, a minha parede!!!
Sim, desenhei-a eu, pintei-a eu. Contra tudo e todos – ok, exagero! –, mas contra os olhares mais duvidosos e os comentários mais incrédulos… tcharan!!!! “Ei-la-zia”! Com a geometria de umas cortinas que queria muito ter mas que, por serem demasiado transparentes e chumbadas pelos restantes membros desta casa, tiveram que ser devolvidas à loja. Não há geometria nas cortinas, há na parede. Pumba! Mai’nada! Incha! Vai buscuá-la! Danço por dentrooo…

 

Almofada mostarda La Redoute

Do outro lado, junto à varanda, a área de jantar, rodeada de janelas.

 

Jarra branca e saco para vaso La Redoute

 

 

E em que estilo classificaria esta sala? Estilo “Nós”, que mistura a luz e simplicidade do Escandinavo, a valorização dos objetos com história do Old Style, a descontração e os pormenores femininos do Boémio, o negro masculino do Industrial, enfim, é a tradução do nosso gosto cada vez mais eclético.

Ora aqui está, a primeira parte da nossa sala de estar e de jantar. Sim, e não é tudo…
O abajure, o biombo, os quadros, as almofadas, a prateleira, uma obra de arte inusitada, uma porta industrial… tanto ainda há para vos contar! Teria que ficar aqui o resto do dia e não posso. Para já, é isto. Nos próximos dias, haverá mais para revelar. 😉

Até lá!

Carlota

SaveSave

2 Comentários
  • Catarina
    Publicado às 12:29h, 24 Agosto Responder

    Parabéns! A vossa Sala está um deslumbre de tão maravilhosa! Adoro a luz, as combinações, as plantas, gosto mesmo de todo o conjunto!
    EStão realmente de parabéns por todo o vosso trabalho, empenho e bom gosto!
    Beijinhos!

    • Carlota
      Publicado às 19:00h, 25 Agosto Responder

      Oooohhh, obrigada! Que bom!
      E vamos continuar…

Publique um comentário