Ao longo dos anos juntámos alguns quadros, fruto de viagens, trabalho, compra e ofertas. Apesar do meu trabalho como ilustradora, não gosto de ver só obras minhas expostas (em casa até tenho poucas).
De vez em quando gostamos de variar a colocação dos quadros e molduras nas paredes de nossa casa e do atelier. Sai da sala vai para o quarto, sai do quarto e volta para a sala, troca este com aquele, sai um e fica outro… Isso faz-nos vê-los com outros olhos, descobrir neles coisas novas e “ouvir outras histórias”. Por isso, nesta “dança de cadeiras” por vezes há uns que ficam de fora.

Mesmo as cortinas de duche de maior qualidade têm tendência a encardir, com o tempo. Por muito limpo e arrumado que esteja o nosso quarto de banho, se o cortinado estiver amarelado, nunca teremos a verdadeira sensação de limpeza. Aqui fica mais uma dica para aproveitarem durante as limpezas da primavera: