Chá e papelada

Por vezes é preciso um tapete bem fofo, uma almofada confortável e uma chávena de chá de erva-príncipe para tratar de certas papeladas e assuntos pendentes.
Decidimos renegociar as dezenas de seguros que nos foram “obrigando” a fazer ao longo dos últimos anos. Multi-riscos habitação, multi-riscos negócios, seguros de trabalho, de saúde, de vida, de recheio, automóvel…
Com tantos seguros há tanto tempo, algo vai ter que mudar.

 

 

Toca a ir buscar os dossiers, a organizar a papelada, aproveitar para destralhar o que não interessa e seguir em frente com atitude positiva, porque algo me diz que isto só pode mudar para melhor. 😉

 

 

Pelo caminho, apareceu uma resma de papelada antiga e sem interesse. Lixo.
E por falar em lixo, este bule ganhou a vida que nunca teve, após termos começado a destralhar. Estava encerrado no fundo de um armário da cozinha, escondido atrás de uma série de outros objetos. E foi só quando lhe deitei a mão com o meu sentido crítico, que percebi que este ia ficar. Gosto dele ♥ e nunca me tinha apercebido.  Destralhar tem destas coisas…
Enquanto olho para o bule, garanto-vos que ouço os passarinhos lá fora. A Primavera está quase aí e, com ela, a mudança!

 

 

E vocês? Quando foi a última vez que tentaram renegociar contratos de seguro? E resultou?
Depois partilho no que deu isto.

Carlota

 

 

2 Comentários
  • Anabela
    Publicado às 10:04h, 07 Março Responder

    Bom Dia,

    Se resulta, atrevo-me a dizer que o pode fazer senão todos os anos, pelo menos de 2 em 2 anos!
    Atenção especial ao seguro da casa, para quem tiver crédito habitação, muitos seguros dizem fazer sempre actualização anual do valor em dívida, mentira, é preciso confirmar se acontece, no meu caso diziam que sim, mas não o faziam (espertos), ou seja, andava a pagar bem mais do que devia.

    Beijinhos,
    Anabela

    • Carlota
      Publicado às 12:53h, 07 Março Responder

      Pois… já soube disso e é mais uma tarefa para fazer – entrar em contacto com o banco e dar trabalho ao gestor de conta.

Publique um comentário