Manta corta-fogos

Há uns 15 anos, numa passagem de ano em casa de um amigo, conversávamos na sala e preparávamos um fondue, enquanto o óleo aquecia na cozinha. Conversa puxa conversa, nunca mais nos lembrámos do óleo, que aqueceu tanto que incendiou. Quando, da sala, vimos o clarão que saía da cozinha, corremos para lá e já as chamas corriam por debaixo do armário de parede. Aflitos, tentámos resolver o problema como podíamos e só me lembro de alguém dizer “não deitem água, abafem o fogo!”. Assim fizemos, já não me lembro como, mas houve certamente bastantes estragos.

Ninguém está livre de um pequeno incêndio, sobretudo na cozinha. Conscientes disso, temos na nossa uma manta corta-fogos (ou manta ignífuga ou cobertor anti-chamas). Talvez tenhamos comprado numa dessas conhecidas lojas de bricolage ou no Ikea. Existe em vários locais e com vários tamanhos e preços, mas não é muito caro e vale o investimento já que é muito eficaz para sufocar pequenos incêndios.

 
fire_blanket

fire_blanket_2

 

Temos que arranjar outra para o carro…
O seguro morreu de velho e estas coisas não acontecem só aos outros.

Carlota

Sem Comentários

Publique um comentário