Um destes dias, as nossas batatas doces, esquecidas no cesto das batatas, começaram a grelar. Achei a folha tão verdinha, tão bonita — em forma de ♥ — que coloquei a batata em água e deixei que continuasse a crescer.  Entretanto, levei outra para a escola, onde dou aulas de artes a crianças, e acompanhámos o seu crescimento à medida que a íamos desenhando. A alegria dos meus meninos a cada semana que passava e as hastes aumentavam!!!
As aulas acabaram e tive que trazer a nossa plantinha para o atelier. Arranjei o sítio perfeito para ela e adoro tê-la ao meu lado!

As echeverias preferem ser regadas por cima e até gostam daquela gotinha de água que fica retida no centro das folhas, por isso, também são conhecidas por Rosa Pérola. A terra húmida apodrece as suas raízes e causa o aparecimento de doenças. Mas, atenção, não devemos regar na hora de maior calor, pois as gotas de água nas folhas aquecem demais e “cozem” a planta.
É por esta razão que estas que temos no jardim estão tão viçosas e a dar flor… são regadas pela mangueira, sempre que regamos a relva. Hoje, depois do trabalho, vai ser o dia em que vou limpar todas as folhas secas que se mantêm por baixo das “rosas”, para que fiquem com mais energia, para que entre alguma luz e ar entre elas e para evitar que se acumule demasiada humidade na terra.

Temos dois gatos, o Luke e a Mifi – Luke, o terrível e Mifi, a princesa. O Luke é o mais novinho, tem apenas 9 meses e é um louco, muito asneirento. Uma das suas muitas manias, desde sempre, é meter as patas na tigela da água e entorná-la pela cozinha fora; outra, é puxar para si a tigela da comida, afastando-a da Mifi (pobre princesa!). Por isso, tivémos que arranjar logo uma solução que o impedisse de andar com as taças pela cozinha…
Uma tarde, com meia dúzia de pregos e uns pedaços de madeira, o Eme “esboçou” um móvel para segurar as tigelas. De lá para cá, tem estado em testes e já houve necessidade de fazer um pequeno ajuste, com molas, que vêem na fotografia.
Uma vez que já passaram uns 5 meses neste estado… julgo que a peça está mais do que testada… na minha opinião, só tem que levar 3 tigelas (ração seca, húmida e água), a tábua superior tem que ser pintada e bem lacada (para ser resistente à água) e está feito!