Armário para roupa de cama e toalhas de banho – II

E enquanto o nosso armário vai crescendo e tomando forma, acumulei outra tarefa – recuperar a macieza das toalhas de banho. Sim, olhando para elas não as achei dignas de serem arrumadas no novo armário…

 

Durante anos caí na asneira de colocar uma maior quantidade detergente e amaciador na máquina da roupa, por achar que fariam muito mais efeito. Errado… em todos os sentidos! Acabo de descobrir a razão das nossas toalhas estarem boas para esfoliações de pele, de tão ásperas! As partículas de detergente não se diluem, ficam nas fibras e o amaciador (pastoso) vai criando uma camada que as torna impermeáveis. Até aqui tudo bem (ou mal), não volto a repetir a façanha!

Mas agora – até porque as nossas toalhas são de uma boa marca, com uma boa gramagem – não queria livrar-me delas e estou a fazer uma coisa que julguei ser impossível –  recuperar a macieza dos primeiros tempos.
Depois de alguma pesquisa, descobri que o vinagre é o melhor produto para esta tarefa. Parece estranho, não? O vinagre é um ótimo agente de limpeza: mata bactérias, tira manchas, dissolve gorduras… e torna as toalhas mais macias!!!
Acho que se pode usar qualquer vinagre, mas eu descobri que os mais indicados são o vinagre de álcool e o vinagre branco (que podemos encontrar nos supermercados Aldi, na zona dos detergentes).
Já comprei, já usei e recomendo!
As primeiras toalhas já estão lavadas, cheirosas, dobradas e prontinhas a entrar na sua nova casa.

Como é que fiz? Cá vai:
toalhas

 

1 – Coloquei-as na máquina com um programa para roupa delicada (centrifugação baixa) e água fria. Pus um pouco menos de detergente que o habitual e, em vez de amaciador, coloquei o vinagre.

2 – Quando retirei da máquina achei que ainda podia fazer melhor: coloquei-as numa bacia com água e um copo de vinagre durante mais algumas horas.

3 – Escorri-as e voltei a colocá-las na máquina para enxaguar uma última vez (com centrifugação curta).

4 – Por fim, foram à máquina de secar, de onde saíram maravilhosas!
(Se forem colocadas no estendal, dá-se uma boa sacudidela para soltar as fibras… assim, como faziam as nossas avós.)

5 – Dobrei-as sem passar a ferro. O ferro não lhes faz bem! Amassa as fibras e reduz a sua maciez natural.

Caso as vossas toalhas não estejam tão mal quanto as minhas, podem saltar os pontos 2 e 3, mas imprescindível é:
ÁGUA FRIA,
CENTRIFUGAÇÃO CURTA,
VINAGRE EM VEZ DE AMACIADOR,
NÃO PASSAR A FERRO

Quanto ao cheiro, ficaram com um leve aroma a este vinagre (que tem aroma a limão), e que eu até acho agradável, porque não é o vinagre da cozinha. Ainda assim, mesmo utilizando o vinagre de cozinha, este evapora e o cheiro não fica na toalha.
A partir de agora vai ser sempre assim. E a cada lavagem elas vão ficar cada vez melhor!

Hoje, quando me levantei, voltei a olhar para elas dobradinhas, enterrei o nariz no monte e até me vieram as lágrimas aos olhos! Sucesso! 😉

IMG_0515

 

Parece-vos bem? Há dúvidas?

 

 

 

 

2 Comentários
  • Rute
    Publicado às 09:17h, 02 Maio Responder

    Vou experimentar!

    • Carlota
      Publicado às 13:30h, 02 Maio Responder

      Boa! Eu estou muito satisfeita com os resultados e até já fui comprar mais vinagre branco!

Publique um comentário