Para a casa, para a alma… e para o ♥

Após uns dias chuvosos – que o nosso jardim agradece e nós também! – parece que no domingo o sol já vai espreitar, iluminando os nossos corações -> Dia dos Namorados, não esquecer. Namoradas, se eles não vos oferecerem flores, não tem nada que saber, façam como as mulheres da minha família, comprem-nas vocês e depois digam que é prenda deles! Todos ficam felizes ♥

Deste modo, com ou sem namorado/a, deixo aqui uma boa sugestão (experimentada) para o fim de semana: ir ao mercado e comprar umas florzinhas lindas e cheirosas para animar os nossos dias.
Terapia garantida, acreditem!
No passado sábado fui ter com uma amiga a Alcântara. Enquanto fazia tempo resolvi entrar no mercado, já com a fisgada de trazer flores para a casa. Nunca fui grande coisa nos arranjos florais, “mas umas flores bem bonitas nem precisam de arranjo”, pensei.
Já não comprava flores há anos, maldita crise!, e sempre gostei deste ritual de sair cedo de casa ao sábado de manhã e ir ao mercado. Fi-lo em Alcântara, mais tarde quando vivia no Saldanha, depois na Amora… e tenho que voltar a fazê-lo com mais regularidade.
Comprei, então, um ramo de cravinhos que deu para dois recipientes e o que é certo é que até nem me saí mal com os “arranjos”. O resultado foi dois belos sorrisos a cada dia – ao levantar de manhã e, depois, ao entrar em casa após um extenuante dia de trabalho.
3,5€ foi em quanto me ficou toda esta alegria!… e ainda trouxe uma gerbera de oferta 😉

 

IMG_9476

 

 

IMG_9487

 

Vamos ao mercado, este sábado? E de caminho vêm uns queijinhos, broa e azeitonas. Nhami!
Tão sofisticada e tão saloia…

Sem Comentários

Publique um comentário