E pronto! Mais um fim-de-semana de eventos – um casamento no sábado e, ontem, o aniversário do membro mais novo deste blog, a nossa Cá. Sim, a nossa menina está de parabéns por mais um ano, o 13.º, a entrada na adolescência (oh God!).
Entretanto – finalmente! – acho que é desta que a nossa sala vai entrar em pinturas!!! Uhuuuu! Hoje vamos comprar a tinta… NÃO É, MARCELO?

Acreditam que esta porta foi “arranjada” quando comprámos e remodelámos a casa? Não fecha, não tem puxador, está toda quincada, as dobradiças são demasiado largas e grossas para ali, tem uma bela massa castanha a tapar os buracos e as molduras dos vidros, vidros esses que ficaram riscados (sim, porque fornecemos novos e eles foram capazes de os riscar todos!),… bom, e devo estar a esquecer-me de mais qualquer coisa.
Assim foi o “arranjo” e assim ficou.
Este é apenas um exemplo do calibre das obras que foram feitas nesta casa!!! Ah, se vos contássemos a saga que foi… e como éramos inexperientes… e se eu soubesse o que sei hoje…

Têm-nos perguntado onde compramos a madeira com que fazemos os nossos projetos, onde arranjamos uma boa tinta para paredes, onde adquirimos as nossas ferramentas e, por isso, resolvemos fazer este artigo – as cinco lojas que mais frequentamos e onde fazemos muitas das nossas compras. Não quer dizer que esta listagem não venha a mudar. É natural que, de hoje para amanhã, descubramos outras que fornecem os mesmo produtos, com a mesma qualidade e a preços mais baratos… mas, para já, são estas.