Uma das primeiras decisões que tomámos quando viemos para esta casa foi que fecharíamos a lareira com um recuperador de calor de inserir. Uma boa decisão. Até hoje não nos arrependemos de o ter feito. Por isso, olhando para a nossa lareira super acolhedora e quentinha, tomei uma decisão que comuniquei ao nosso homem:
“Vou escrever um artigo acerca de recuperadores de calor.”
“E o que sabes tu desse assunto?” – perguntou ele.
“Hhhhhmmm… sei de experiência própria; sei que quando sugeriste esta solução eu torci o nariz, mas que hoje acho-a perfeita!… e vou informar-me de mais uns quantos pormenores.”

Esta imagem foi uma das que publiquei no Instagram esta semana. Ai, inspiração! O feedback foi tão positivo que é hoje a imagem de destaque deste artigo. Para além do mais, é o exemplo perfeito daquilo que quero partilhar – um canto da nossa cozinha reorganizado com os objetos que decidimos manter depois do “destralhanço” dos armários. São aqueles dos quais não prescindimos, nos quais gostamos de tomar um café ou um chá reconfortante, que contribuem para a imagem perfeita do nosso espaço ou que levamos para a mesa com muito orgulho.
Dinheiro investido na remodelação deste espaço: 0.
Tempo dispendido: uma tarde divertida.
Manutenção: a essencial para limpar pó e migalhas. De resto, desde que foi (bem) organizado, nunca mais este espaço se desarrumou.

Mais um Dia das Bruxas se aproxima e mais um motivo para juntar uns quantos amigos e fazer um jantarinho “simpático” para júbilo da pequenada.
Há já uma série de anos que o Jantar das Bruxas, com as amigas da Cá, se faz cá em casa – foi naturalmente instituído – por isso, temos já algum traquejo nesta área. 😀
Este fim-de-semana, nos nossos Workshops Pais e Filhos, no Forum Coimbra, vamos partilhar as dicas essenciais para uma boa organização de uma festa.
Aproveitamos para deixar aqui um resumo, que poderá ser muito útil para o que aí vem.

As temperaturas já começaram a descer e parece que para a semana já temos chuva. Está na hora de nova volta aos roupeiros – descartar o que já não serve, já não usamos ou está estragado ou velho, lavar e arrumar o que não se adequa à estação e recuperar o que vamos querer usar nos próximos tempos. Este fim de semana, no Forum Coimbra, os nossos workshops vão dedicar-se à roupa. Pais e filhos vão aprender dobras básicas e levar para casa algumas dicas de como manter um roupeiro funcional. Podemos já adiantar algumas:

Que são inúmeras as vantagens de comprar produtos IKEA já todos sabemos, mas uma das maiores é o facto de muito simplesmente conseguirmos substituir pequenas peças que se estragam ou perdem. Já não é a primeira vez que nos dirigimos ao balcão de apoio ao cliente para solicitar uma peça que necessita de substituição. Foi o caso da nossa sapateira Hemnes. Já percebemos que as peças de plástico onde encaixam as gavetas não têm grande durabilidade.e isso poderia ser um problema, não fosse a Ikea garantir a sua substituição de uma forma muito simples. Bastou dirigirmo-nos à loja, indicar a peça e, com o código respetivo (inscrito nas instruções de montagem), encomendar para a nossa morada. Em poucos dias as peças estavam nas nossas mãos e das nossas mãos saltaram para o móvel, que está novamente funcional.