Ao ouvir a mensagem de Ano Novo do Presidente da República, não pudemos deixar de nos rever em muitas das suas palavras e expressões. Também para nós 2017 foi um “estranho e contraditório ano, que muito exigiu de nós”. Tivemos muitas alegrias, como algumas parcerias conseguidas com marcas de referência (sinal de que somos merecedores da sua confiança), como a concretização de projetos importantes e como o facto de termos sido nomeados para Blog do Ano na categoria de Decoração (sem esquecer todas as mensagens incentivadoras que nos foram chegando). Mas também tivemos um ou outro infortúnio, ainda alguma instabilidade financeira e novidades menos boas a nível profissional, o que colocou à prova a nossa capacidade de resistência. Por isso, estamos felizes por entrar em 2018, na expetativa de ser um ano um pouco mais tranquilo, mais estável e, ao mesmo tempo, com mais trabalho e menos estagnação. Somos malta criativa, somos malta que faz acontecer e somos malta que gosta de partilhar!…e, por isso, gostamos de estar por aqui e gostamos mesmo de estar com vocês!
Decretámos que 2018 terá que ser, então, o nosso “Ano da Reinvenção”! (usando novamente as palavras do Sr. Presidente)

Conseguimos. Não queríamos sair de casa e não saímos. Hoje foi um dia tranquilo, embora com bastantes tarefas de última hora para fazer. Ainda há prendas por embrulhar e um doce por fazer, mas vai acontecer! Entretanto, aqui fica mais um recanto cá de casa. O quarto de hóspedes também teve direito a cabeceira de cama decorada e está, agora, muito mais simpático e acolhedor.

1 de Dezembro. Para a maioria é dia de espalhar o espírito de Natal pela casa.
Por aqui, também estamos a deixar para trás as vibes de outono e a passar para as de inverno (faltam apenas 20 dias). Mas o outono chegou tarde e ainda se fez sentir tão pouco, que nós queremos mais. E, este ano, a nossa casa vai-se engalanar de verde, preto, vermelho e um outonal caramelo.

Adiámos esta publicação o mais que pudemos… estamos sem a nossa querida máquina fotográfica, que, nos últimos tempos, trabalhou, trabalhou, até ficar sem bateria… porque demos sumiço ao carregador! Já procurámos por todo o lado e até vimos o preço de um novo, mas – ups! 😵 – vamos ter que procurar mais afincadamente… Assim sendo, usámos o telemóvel e demos o nosso melhor! Esperamos que gostem!