Destralhar todos os dias – semanas #14 a #18

Destralhar todos os dias – semanas #14 a #18

Pois é… há algumas semanas que não partilhávamos o nosso “destralhanço”.
Praticamente a chegar a meio do ano, confesso que está cada vez mais difícil fazê-lo diariamente… mas lá continuamos, “firmes e hirtos que nem uma barra de ferro”!
Nem todos os dias tomámos uma decisão, mas houve uns em que o fizémos a dobrar, a triplicar… e até a decuplicar… e mais! Deu para todos os dias das últimas semanas.

Também tenho que partilhar o facto de termos uma constante pilha de coisas destralhadas, o que chateia um bocado… e vou-me mentalizando que vamos passar todo este ano assim… mas antes isso do que nunca nos desfazermos das coisas e tê-las disseminadas pela casa… é por uma boa causa (espero!).

Já percebi também que vender objetos “tem o seu quê de bom”, mas faz com que eles se mantenham por aqui mais tempo… é chato, mas é um income bem-vindo, que utilizamos nas obras que vamos fazendo.

Muitos dos nossos familiares, amigos e seguidores do blog têm-nos dito que nos vão acompanhando nesta aventura e que se lembram de nós sempre que destralham. Eu adoro! De vez em quando recebo uma mensagem no telemóvel: “Hoje destralhei o quarto do… Beijinhos!”; Sei também que temos sido inspiração para muitos; E sei que a divulgação daquilo que vamos destralhando tem dado ideias a outros.

E, desta vez, pergunto:
• porque é que insistia em guardar um verniz de unhas do qual não gosto e que me faz arrepender sempre que o uso?
• para quê guardar um monte de chaves, que não sabemos de onde são, e nitidamente há mais de 5 anos que não lhes pegamos?
• vale a pena guardar os sapatos de casamento, cuja pele se está a desfazer e que jamais alguém os voltará a calçar?
• e fotografias tiradas para trabalhos de faculdade, com pouco ou nenhum interesse?
• e interessa-me os mapas e folhetos dos sítios onde fomos e monumentos que já visitámos? Coleciono esse tipo de recordações? Não. Consulto-os quando preciso de alguma informação? Está tudo na internet.
• para que servirão cadernetas antigas dos bancos… de contas que já nem existem?! Juro que encontrei umas ainda do século passado! Acho que nem o Museu do Dinheiro terá interesse nelas…

Desta feita, cá vai o relatório das últimas semanas:

Semana #14
Domingo – Tenda brincar  -> aldeia
Segunda-feira – Cadeira de praia -> lixo
Terça-feira – Chaves velhas -> lixo
Quarta-feira – Atacadores -> lixo
Quinta-feira – Caixa de óculos -> lixo
Sexta-feira – Estore de rolo -> lixo
Sábado – Sapateira de porta -> venda

Semana #15
Domingo – Sapatilhas Ca  -> doação
Segunda-feira – Mais brinquedos -> venda
Terça-feira – Relógio Hello Kitty -> venda
Quarta-feira – Sobretudo -> doação
Quinta-feira – Pilhas -> lixo
Sexta-feira – Câmara de pintura -> lixo
Sábado – Sabrinas + chinelos Ca -> doação

Semana #16
Domingo – Roupa Ca  -> doação
Segunda-feira – Sapatos salto alto -> doação
Terça-feira – Echarpe -> doação
Quarta-feira – Gola -> doação
Quinta-feira – Roupa bebé -> doação
Sexta-feira – Dossier de estudo -> devolução
Sábado – Sapatos do casamento (sim, sim!) -> lixo

Semana #17
Domingo – Tabuleiro  -> doação
Segunda-feira – Aventais -> doação
Terça-feira – Individuais -> doação
Quarta-feira – Fotografias -> lixo
Quinta-feira – Cadernetas banco -> lixo
Sexta-feira – Desenhos Ca -> lixo
Sábado – Exames médicos (+ de três anos) -> lixo

Semana #18
Domingo – Folhetos de viagem  -> lixo
Segunda-feira – Trabalhos escola -> lixo
Terça-feira – Pastas -> doação
Quarta-feira – Verniz -> lixo
Quinta-feira – Bibelot -> doação
Sexta-feira – Poltrona -> venda
Sábado – Magalhães -> venda

E eis que chegamos à semana 19!
Vamos ver o que sairá de cá…

Carlota

 

Leave a reply