Roupa de inverno com este calor?

Roupa de inverno com este calor?

Que dia lindo está hoje! Um quente e belo dia de sol em finais de outubro.
De hoje para amanhã já muda a hora. Às duas da manhã poderemos colocar os relógios na 1h. Para nós, cá em casa, isso não significará que vamos dormir mais uma hora, pois não somos do género dorminhoco, e o Eme até já disse: “Ok, quer dizer que amanhã acordas às 5h.” 😀
Mas num fim-de-semana como este – que sabemos que não teremos muitos mais assim daqui para a frente – o que é que podemos e devemos fazer (para além de sair de casa, dar um passeio em família, tomar um cafezinho ao ar livre,…)? Aqui ficam várias sugestões e mais aquilo que fiz hoje:

Vamos aproveitar o bom tempo para:

  • arejar a casa (na nossa, está mais frio no interior do que na rua)
  • prepará-la para o Dia das Bruxas – limpezas, execução e seleção de alguns artigos decorativos e verificação da toalha de mesa, panos e guardanapos a utilizar (pois pode ser preciso levá-los à máquina de lavar, pôr a secar e passar)
  • dar uma volta ao guarda-roupa (selecionar, lavar, arejar e preparar as roupas de inverno)

Uma volta ao guarda-roupa… foi o que fiz esta manhã. Não uma exaustiva limpeza e arrumação, pois o dia pedia rua (além de que não havia necessidade, faço isso apenas duas vezes por ano), mas uma organização rápida… se fosse um computador dir-se-ia que foi uma “atualização do sistema”. Em menos de uma hora, retirei as peças que garantidamente já não vestirei até à próxima primavera, arrumei-as numa daquelas embalagens de poliéster com fecho e retirei as de inverno, guardadas. A princípio, ainda olhei para as camisolas mais quentes e casacões e pensei “ui, não vou mexer nesta roupa, que ainda não está tempo para isto!” mas, depois, cheirou-me a mofo e achei que o melhor era retirá-la enquanto é tempo, lavá-la já e colocar a secar ao ar livre (que é sempre melhor para a roupa e para o ambiente, do que usar a secadora). Daqui, ainda selecionei uma ou outra peça que tem que ir à lavandaria (posso ir fazendo aos poucos, para não gastar tanto de uma vez) e outras que, não precisando de ser lavadas, ficam já suspensas no roupeiro para que os vincos possam ir desvanecendo (ainda assim, passarão a tarde de hoje na varanda, para arejar).

 

roupa_2

 

E depois há peças que ficam todas as estações bem à vista no roupeiro, porque são intemporais, porque simplesmente as adoro e porque me inspiram!…  ♥

 

roupa_1

 

Entretanto, tenho aprendido umas coisas acerca da organização do roupeiro (além de possuir uma ou outra técnica que acho muito funcional e que já pratico há anos). Posso partilhar noutro artigo, se vos interessar… querem? Digam-me, também, como o fazem vocês!

Carlota

2 COMMENTS

  1. Ana Albuquerque
    Novembro 01, 2016 21:38 Responder

    Gostava que partilhasse as suas dicas. Cá em casa estão a anos de luz de estarem organizados.
    Obrigada pela inspiração que representa.
    Um beijo doce

    Ana Albuquerque

    • Carlota
      Novembro 02, 2016 09:19 Responder

      Combinado, Ana!
      Pois aqui em casa também tem sido um processo… E já deu para perceber que tudo tem que partir de alguém, de uma pessoa só, a qual, com a sua persistência, vai moldando o resto do pessoal.
      Devagar se vai ao longe 😉

Leave a reply