Parar e reorganizar ideias

Quando, no início deste ano, decidimos tornar a nossa casa e atelier locais mais cuidados, inspiradores e serenos, já sabíamos que iríamos ter muuuuito trabalho! Conviver diariamente com os verbos “arrumar”, “organizar”, “arranjar”, “criar”, “restaurar”,… e partilhar tudo isso num blogue com alguma qualidade e interesse… não é tarefa fácil.
Como costumamos dizer, “o tempo ruge”… e, por vezes, assusta-nos!

E sim, eu ando um pouco assustada. Passo a explicar:
Cá em casa ninguém tem por hábito fazer listas, mas, mentalmente, elas são feitas e o que acontece é que muito do que planeámos fazer nas 52 semanas deste ano, ainda não foi concretizado.
Além disso, há sempre projetos iniciados que não são terminados pois outros, mais urgentes, passam à frente… e tudo isto torna-se um bocadiiiiiiinho frustrante, quando vemos que já estamos em setembro, na semana 37.
Começo a acreditar que, para chegar ao fim destas 52 semanas mais satisfeitos connosco, as “listas mentais” vão ter que passar ao plano físico. Está na altura de parar, conversar em família, fazer duas ou três listinhas temáticas e voltar a traçar um plano para as 15 semanas que temos pela frente.

Andava já há uns dias a querer enveredar no magnífico mundo das checklists, mas a minha ideia era arranjar um caderno só para isso, bem grande, de capa mole, folhas lisas e papel creme reciclado — não me perguntem porquê, mas imaginei-o assim — e faltava-me encontrar o que queria. Mariquices… de designer, talvez… tudo é imagem.
Foi então que fomos à Fnac comprar uns livros para a Ca, e eis que dou de caras com nem mais nem menos do que exatamente aquilo que imaginei… Um ZAP BOOK! Com capa vermelha e tudo, tal como tinha imaginado! Provavelmente já teria olhado para ele antes e não lhe teria visto um objetivo… estaria, então, no meu subconsciente, à espera de sentido.

Ao lado, estava uma agenda LIN-DA da Pip Studio, como a dizer: “E se, depois das listinhas, definisses a semana, o dia e a hora, em que vais concretizar os teus planos? Não, não uses a agenda do trabalho, que isso é outra coisa. Esta, é só pós-laboral – da casa e da família; começa agora e vai até Julho do ano que vem. Não sou perfeita?”
Sim, mas carota…
Cometi uma loucura. Comprei-a, juntamente com o caderno! É uma motivação para voltar a meter mãos à obra, certo? E não é que estou mesmo entusiasmada? Uma das primeiras listas a fazer não será a das “coisas por fazer na nossa casa” mas antes “coisas que já fizemos pela nossa casa”. Estou certa de que, assim, recuperaremos algum otimismo. Olharemos para trás, perceberemos que até já fizemos muito e arranjaremos energia para ir, depois, à “vaca fria”!

 

 

img_7199

 

Hoje foi, então, dia para parar… organizar ideias… fazer planos… e pôr alguma leitura em dia.
Carlota

Sem Comentários

Publique um comentário