O quarto de brincar #2

Enquanto o pai corria 100 kms e a mãe organizava a oficina, a filha cumpria a sua parte – arrumar o quarto dos brinquedos… para ganhar 20 pontos… para merecer um novo jogo para a sua “coleção de mini-brinquedos”.

Demorou dois dias inteirinhos, de manhã à noite! E apesar de eu achar (e ter-lhe dito, no final) que não ficou mal, mas que não estava o cúmulo da perfeição, valeu! Depois de a ter visto tão empenhada, tão entusiasmada com a sua tarefa, acho que não é justo pedir mais.
Ainda tentei…
“Não queres que a mãe, agora, dê mais um jeitinho?”
“Porquê?” — perguntou ela — “Achas que está mal? Eu acho que está bem assim.”
“Debaixo das mesas e nos cantos do quarto estão objetos amontoados e os armários têm ainda imenso espaço para arrumar…”
Tentei explicar que amontoar coisas não é arrumar…
e ela explicou que ali não havia nada amontoado, mas pronto para a atividade.
Depois de algumas justificações, explicações, troca de palavras, notei que ela começou a ficar triste e não fui capaz de insistir mais.

“Está bem assim e mereces os 20 PONTOS! PARABÉNS, meu doce!”

… E vinte minutos depois estava uma pista montada, a atravessar todo o espaço e o comboio passava por baixo da mesa, por dentro do palácio de cartão,… e ela estava tão feliz com o seu feito!
Ok, ainda não é desta que a Carmo  lá vai entrar para aspirar…

 

quarto_brinquedos_1

 

quarto_brinquedos_3

 

 

quarto_brinquedos_7

Um cantinho de coisas que não estão amontoadas.
Expostos, os bonecos de pano feitos pela avó.
Nas caixas de morangos estão arrumados sacos e malinhas.
Nas outras caixas… não sei.

 

quarto_brinquedos_5

Na sua mão, as coisas pequeninas que ela constrói (estojo, lápis e cadernos, pacote de arroz e massa); uma secretária feita em cartão e forrada a tecido com outros objetos feitos manualmente.

 

quarto_brinquedos_2

Para as construções Lego, improvisou uma bancada, quase ao nível do chão, com dois banquinhos do Ikea e uma prateleira velha. Por baixo, colocou as gavetas onde guarda as peças, separadas por género ou cor.

E agora? O que acham de tudo isto? Tomavam conta do resto? Melhoravam? Dariam os 20 pontos? Ou deixariam como está? O que diria um pedagogo, um psicólogo infantil ou até um personal organizer?
Eu já tomei uma decisão: vou deixar como está, os 20 pontos estão atribuídos e, com tempo, como se fossem pequenas atividades criativas, arranjaremos, as duas (ou os três… pai, por arrasto), novas soluções para cada situação que julgo que poderá ficar melhor.
Mas gostava de saber a vossa opinião!

 

7 Comentários
  • Carla Espírito Santo
    Publicado às 10:36h, 17 Maio Responder

    Eu deixava ficar. A Cá mereceu os 20 pontos porque se esforçou e como o espaço é dela acho que se deve valorizar o empenho.
    Depois, aos poucos e sempre pedindo a opinião dela, poderão ir arranjando outras soluções de arrumação.
    Parabéns á Cá!

  • emilia nazareth
    Publicado às 18:16h, 17 Maio Responder

    Mas que mãe exigente! Ainda reclamavas comigo quando eras pequenita! Está o máximo. Eu dou cento e cem à minha bonequinha! Está tão lindo! Bj

  • Cristina Dias
    Publicado às 18:22h, 17 Maio Responder

    Claro que a minha princesa merece 20 pontos, não só pela arrumação, mas também pelo talento em fazer coisas tão pequeninas e perfeitinhas! As arrumações nunca estão terminadas, há sempre coisas que pensamos em melhorar e com a produção artística em curso, hão-de surgir outras soluções. Parabéns à Ca e à mãe pelo incentivo (e também ao maluco do meu irmão por ter corrido aqueles km todos)

  • Rute
    Publicado às 14:17h, 24 Maio Responder

    Eu acho que está muito bem! Eu tinha dado 25 pontos pelo esforço e empenho! 😉 … e mais 5 pela pista montada logo a seguir!

    • Carlota
      Publicado às 11:18h, 25 Maio Responder

      Que querida, Rute! A Ca vai adorar ler esta resposta! 😉

  • Carla
    Publicado às 09:59h, 25 Maio Responder

    Acho que a pequena foi muito bem sucedida. Organizar é uma tarefa difícil de dominar até pelos adultos, quanto mais pelas crianças! Acho que merece os pontos todos 🙂

    Temos várias coisas em comum, sim! Uma delas é ter uma fã da Violetta em casa! Obrigada pela visita 😉

    Um beijinho
    Carla

    • Carlota
      Publicado às 11:21h, 25 Maio Responder

      😉

Publique um comentário